Trabalhe 4 horas p/semana - Tim Ferris

Por meio desta venho informar que: este título não é clickbait... ou será que é?

Quer saber mais? Arrasta pra cima! 🆙

Quer trabalhar apenas 4 horas por semana? Quer ser seu próprio patrão? Poder se demitir AGORA do seu emprego e mandar seu chefe para aquele lugar?

Não. Não é isso que o livro ensina, no caso da última pergunta, rs. Como você verá, o intuito de Tim é ensinar como você pode diminuir a quantidade de tarefas que você executa, com isso ter mais tempo livre e, até mesmo aumentar sua renda. E a nossa reflexão antes de todo resumo…

Não, não teremos reflexão. “De novo? 😥” Claro, você leu o último resumo? É uma coletânea de reflexões… E ele influenciou muito o autor desta obra…


Quem é “Tim Ferris”?

Timothy Ferriss é um escritor americano, empresário e palestrante. Em 2007 lançou seu primeiro livro, Trabalhe 4 Horas por Semana e alcançou a posição nº1 na lista de bestseller do New York Times e nº1 na lista de bestsellers do jornal Wall Street Journal.

Essa descrição até que serve, mas - a depender de seu humor - Tim pode ser lutador de kick boxing, dançarino de tango ou estar cruzando a Europa como piloto de motocicleta. Sim, ele já fez tudo isso. Graças ao estilo de vida dos Novos Ricos.

Começando…

INTRODUÇÃO

O resumo de hoje será dividido em 4 partes. Sim, são muitas partes. Isso se deve ao fato de que a ideia central da obra – aumentar sua produtividade, ter liberdade geográfica e de tempo – consiste em um plano de 4 passos chamado: DEAL

1.    D de Definição

2.    E de Eliminação

3.    A de Automatização

4.    L de Liberação

Quem são os Novos Ricos (NR)?

São aqueles que abandonam os planos de uma vida adiada e criam estilos de vida luxuosos no presente, usando a moeda dos NR: mobilidade e tempo. A partir daqui, chamaremos tal façanha como Projeto de Vida (PV).

Graças a sua flexibilidade, o PV permite que você experimente diferentes estilos de vida – sem se comprometer com um plano de aposentadoria de 10~20 anos que pode dar errado devido as flutuações do mercado e situações que escapam do seu controle.

Os NR não são multimilionários (a maioria, nem milionário é), mas se utilizam de alguns truques econômicos para viveram uma vida incrível no presente. Além disso, cá entre nós…

“A maioria das pessoas não querem ser milionárias – na verdade, querem usufruir do que acreditam que apenas os milionários podem comprar.”

Para os céticos

Acha que não é possível se juntar aos Novos Ricos? Então, leia as afirmativas abaixo. (Todas comprovadas com casos reais tirados do blog do autor):

  • Na maioria dos casos, você não precisa sair do emprego atual e nem correr grandes riscos.

  • Não, você não precisa ser solteiro e ter 20 anos igual o Jorginho, para adotar um Novo Projeto de Vida.

  • Você não precisa sair viajando pelo mundo. O objetivo é criar liberdade de tempo e mobilidade e cabe a você usá-las como quiser.

  • Você não precisa ter nascido rico.

  • Não precisa ter se formado em uma grande faculdade. Ou até mesmo, nem de faculdade você precisa. (Sim, é possível).

Por último, só mais uma coisinha. Muito do que lhe será apresentado parecerá um absurdo (se já não estiver parecendo), mas eu só lhe peço que: teste. Após essa fase de experimentação, você decide se seguirá ou não, combinado? 🙃

D de definição

1ª PARTE

Antes de começar este passo, recomendo que leia o nosso resumo “Sobre a brevidade da vida”, de Sêneca. Tim Ferris se inspirou nos ensinamentos de vários filósofos para adotar este estilo de vida, e Sêneca foi um dos mais influentes. 😉

Os 10 Mandamentos dos NR

Tudo o que é popular é errado – Oscar Wilde

As regras a seguir são as diferenças fundamentais entre os NR e o resto do mundo.

  1. Aposentadoria é o seguro para o caso de acontecer a pior das hipóteses. 😬

A aposentadoria planejada serve como um seguro de vida. Deve ser encarada como uma previdência contra o acontecimento da pior hipótese: tornar-se fisicamente incapaz de trabalhar e precisar de uma reserva financeira para sobreviver.

Não confunda. A aposentadoria não é o objetivo ou a redenção final.

  1. Interesse e energia são cíclicos 🌀

As miniaposentadorias são essenciais, pois lhe permitem alternar períodos de descanso e de atividade ao longo de sua vida. Capacidade, interesse, disciplina e resistência mental não são infinitas, mas são recarregáveis. Os NR distribuem as miniaposentadorias ao longo da vida.

  1. Menos trabalho não significa preguiça 💼

Menos trabalho não significa preguiça. O ato de fazer menos (ou até erradicar) trabalhos inúteis, de modo que você possa focar em coisas importantes não é preguiça, é produtividade pessoal. Esqueça a ideia de que “é legal estar ocupado”. Só é interessante estar ocupado, se você tem tesão na atividade em questão.

“Foque em ser produtivo em vez de focar-se em estar ocupado.”

  1. A noção que se tem do tempo nunca está correta ⏳

“Algum dia eu quero...”, você nunca vai concretizar este sonho, sinto em lhe informar. Se realmente é importante para você vá e faça, depois corrija os problemas que aparecerem ao longo do caminho. (Isso também não é desculpa para agir como um inconsequente, por favor né Jorginho, pensa um pouco.)

Não espere para começar, pois não existe “a hora certa”, “o momento ideal”.

  1. Peça perdão, não permissão🙇‍♂️

Se o potencial de dano é moderado ou de alguma forma reversível, não dê às pessoas a chance de dizer não. A maior parte das pessoas é hesitante para entrar em seu caminho se você já estiver em movimento. Se as possíveis consequências ruins, não forem tão graves, tente e depois se justifique.

  1. Enfatize os pontos fortes, em vez de corrigir as fraquezas 🎯

É muito mais lucrativo e divertido alavancar seus pontos fortes em vez de tentar consertar todas as rachaduras na sua armadura. Foque na multiplicação por meio dos seus pontos fortes.

“Foque-se num uso melhor de suas melhores armas, em vez de focar-se em reparos constantes”.

  1. Coisas em excesso tornam-se o oposto. 🌰

O PV não é voltado para criar um excesso de tempo livre, que é venenoso, mas para um uso positivo do seu tempo livre, definido como fazer aquilo que você quer, em oposição ao que você se sente obrigado.

  1. Dinheiro somente não é a solução.

  2. Renda relativa é mais importante do que renda absoluta 💲

A renda absoluta é medida usando uma variável universal: o dólar. Logo, se Jorginho ganha U$100k/ano, ele é mais endinheirado que Laurinha que ganha U$50k/ano.

A renda relativa coloca o elemento “tempo” na equação. (normalmente, em horas). Jorginho ganha 2k por cada uma das 50 semanas do ano, e trabalha 80h/semana, logo ele recebe 25 dólares/hora. Já Laurinha ganha mil dólares por cada uma das 50 semanas, mas trabalha somente 10h/semana, portanto ganha 100 dólares/hora. Em renda relativa, Laurinha é quatro vezes mais rica.

  1. Estresse x Eustresse 💪

Estresse: refere-se a estímulos prejudiciais que deixam você mais enfraquecido, menos confiante e menos capaz. Críticas destrutivas e chefes insuportáveis são alguns exemplos.

Eustresse: Eu, prefixo grego para “saudável”. São modelos de comportamento que nos levam a exceder nossos limites, estresses que são saudáveis e são estímulos para nosso crescimento.

Não devemos evitar todas as formas de críticas, somente as destrutivas. Da mesma forma, não há progresso sem o eustresse, e quanto mais eustresse pudermos criar ou aplicar em nossas vidas, mais cedo conseguiremos realizar nossos sonhos.

A importância da Definição

Vamos supor que você gostou da proposta do livro e quer mais tempo livre. Se você não definir o que fará com o excesso de tempo, provavelmente terminará trabalhando o dia inteiro. “Bah, como assim?”

“Vou trabalhar somente até ter X dólares e depois vou fazer o que eu quiser”. Se você não definir o que é este “o que eu quiser” – as atividades alternativas – o valor de X crescerá indefinidamente para evitar o medo que causa a incerteza do vazio.

Ao transformar seus objetivos/desejos em passos definidos, você os torna mais reais.
Lembre-se de focar em atividades que irão preencher o tempo quando o (a maior parte) trabalho for removido. Viver como um milionário requer fazer coisas interessantes e não apenas possuir coisas valiosas.

“O vazio existencial manifesta-se principalmente como um estado de tédio.” Viktor Frankl

E de Eliminação

2ª PARTE

Hora do Fruit Ninja 🐱‍👤

Veremos neste 2° passo como aumentar sua produtividade, eliminando ou delegando ou automatizando tudo aquilo que é desnecessário que você o faça.

“O que você faz é infinitamente mais importante de como você faz.”

Aumentando sua produtividade

A arte de eliminar

  • Eficaz x Eficiente

Eficácia: fazer as coisas necessárias para deixá-lo mais próximo de seus objetivos.

Eficiência: realizar determinada tarefa (importante ou não) da forma mais econômica possível.

Em geral, nós somos muitos eficientes, mas não relacionamos a nossa eficiência com a eficácia, culminando em um desperdício terrível de tempo. Se uma tarefa toma muito do seu tempo, isso não a torna importante. E…

“Fazer bem algo desimportante não o torna importante.”

  • Lei de Pareto ⚖

O autor traz a fantástica Lei de Pareto como forte estratégia para eliminar aquilo que é desnecessário, estressante ou que simplesmente te torna infeliz. Ele consiste em dizer que: 80% dos seus resultados, são frutos de 20% dos seus esforços.

Observações:

  • A proporção mínima a ser buscada é 80/20. 90/10, 99/1 não são incomuns

  • Dois exemplos “fora da caixa”:

  • Quais os 20% de causas responsáveis por 80% dos seus [problemas ou positivos] e sua [infelicidade ou felicidade]?

  • Quais os 20% dos seus esforços que geram 80% dos seus resultados?

Caso queira, seja extremo. Aplique em todas as áreas de sua vida. O objetivo é descobrir sua ineficácias e fraquezas, de modo a elimina-las, e descobrir seus pontos fortes, para que possa multiplicá-los.

“Ser seletivo é o caminho da produtividade”

  • Lei de Parkinson

Lembra daquele trabalho chato do colégio, que o professor passou duas semanas antes e na noite anterior você está lá, se empenhando ao máximo para fazer o trabalho e, no dia seguinte, você tira uma boa nota?

Esta é a Lei de Parkinson: uma tarefa aumentará de importância (a sua percepção de) e de complexidade em relação ao tempo alocado para sua realização. Em outras palavras, é a mágica do prazo iminente.

“O produto final de prazos curtos é quase inevitavelmente de qualidade maior ou igual graças à concentração”.

Se eu lhe pedir uma pesquisa para ser entregue a mim em 24 horas, o prazo tão curto vai lhe forçar um foco extremo para que a tarefa seja executada da melhor forma possível. (Não vá fazer algo meia boca, por favor né Jorginho, vamos manter um padrão de qualidade).

“O tempo é desperdiçado na proporção de sua abundância.”

A dieta pobre em informações

Cultivando a ignorância seletiva

"Você sempre tem a opção de não ter opinião. Nunca há necessidade de se preocupar ou perturbar sua alma com coisas que você não pode controlar. Essas coisas não estão pedindo para serem julgadas por você. Deixe-as em paz." Marco Aurélio

Nos dias de hoje, é imperativo que que você aprenda a ignorar ou redirecionar todas as informações e interrupções irrelevantes, desimportantes e impraticáveis. Garanto para você, a maior parte se encaixa em um destes três quesitos.

  • Desenvolvendo uma dieta pobre em informações

A maior parte das informações gasta o seu tempo, é negativa, irrelevante para seus objetivos e fora do seu âmbito de influência. Olhe para as informações que aprendeu ontem, quantas delas se enquadra, pelo menos, em uma dessas características?

Solução: para você vai soar como uma loucura, mas… Eu não leio jornais. Tá, só um e ele está no "expandindo” de hoje, rs. E mesmo assim, seguindo o conselho de Ferriss, eu leio somente as manchetes e, o que eu achar interessante, eu leio. 📰

“Mas e como eu vou me informar sobre o mundo?” Bom, se acontecer algo extremamente importante como - por exemplo uma pandemia - não tenha dúvidas, você vai ficar sabendo. Além disso, você ganha um assunto para puxar conversa com aquela/aquele mina/cara do trabalho, rs.

Acabando com as interrupções

“Quem interrompe precisa aprender a esperar.”

Aqui vão princípios fundamentais, aplicáveis em quase todas as áreas de sua vida.

  • Aprenda a dizer não 🙅‍♂️

Clichê? Sim. Mas lembre-se: ao dizer sim para alguém, você diz não a si mesmo.

  • Limite o acesso ao seu tempo 🚫

A maior parte das reuniões e “urgências”, não são nada demais. Limite o acesso das pessoas a você e - como um passo de mágica - as supostas “emergências” irão desaparecer por completo, ou quase isso.

  • Force as pessoas a serem definidas ✏

Você já participou de uma reunião que começou com uma discussão para definir o assunto dela? Ou já foi chamado por alguém do trabalho para falar sobre algo, mas ficaram 15 minutos, jogando conversa fora? Então, exija definição.

Antes de aceitar uma reunião, peça a pauta com antecedência e verá que a maioria das reuniões são facilmente resolvidas por mensagem ou ligações curtas. Antes de começar uma conversa sobre o trabalho, pergunte de cara “o que você precisa? Estou ocupado e só tenho dois minutos.” Acredite, funciona.

  • Lote de tarefas

Agrupe em lotes suas tarefas simples de rotina, como: lavar a louça, lavar roupa, organizar x lugar, etc. Com isso, você evita o adiamento de tarefas importantes.

  • Cuidado com a economia burra

Suponhamos que seu vizinho, trabalhe 40 horas por semana e ganhe 10 mil reais por mês, isso quer dizer que ele ganha R$ 62,50 por hora trabalhada. Se ele gasta 1 hora lavando o próprio carro, ele deixou de produzir R$ 62,50.

Logo, se ele pagasse R$ 50,00 para uma pessoa lavar o carro dele… Ele economizaria R$ 12,50. Claro, se ele ter prazer em lavar o carro… Já são outros 500. Em outras palavras: não execute tarefas que valem menos do que o seu tempo.

A de automatização

3ª PARTE

Um homem é rico na proporção do número de coisas que pode deixar rolar sozinhas.” - Henry David Thoreau

“Nunca automatize nada que possa ser eliminado, e nunca delegue algo que possa ser automatizado ou dinamizado.”

É importante lembrar a você que o intuito aqui é conseguir tempo livre, então não invente tarefas para serem executadas com o tempo de sobra. Lembre do 1° passo.

A musa

Eu sou a di… Calma, a letra não tem “musa” 😐

O objetivo aqui é simples: criar um veículo automático de geração de renda sem consumir tempo. O nome “musa” é para diferenciá-lo do conceito de “negócio”, que serve tanto para uma barraca de pipoca, tanto para a Apple.

Criando uma musa

Para construir sua musa, são necessários algumas coisinhas.

  • Escolha um nicho de mercado alcançável

Encontre um mercado - defina seus clientes -, então tente encontrar ou desenvolver um produto para eles.

Dica de ouro: busque um nicho extremamente específico. Quanto mais específico melhor, os anúncios são mais baratos e é mais fácil cobrar um preço premium.

  • Seu produto deve custar um preço premium. (Vai depender do mercado)🏷

Ao colocar um preço premium, você: foge dos loucos que sacrificam suas margens de lucro; pode vender menos unidades, logo menos contato com clientes; preço mais alto gera margem maior de lucro, o que é mais seguro.

  • Seu produto não deve levar mais do que 3 ou 4 semanas para ser fabricado. 🏭

Importante para manter os custos de produção baixos e adaptar-se à demanda de vendas sem precisar de estoques antecipados.

  • Seu produto deve ser totalmente explicável em um bom FAQ online.

Testando sua musa

Após seguir estes 3 passos, está na hora de fazer um MVP (Mínimo Produto Viável) do seu produto, para que possa testá-lo e descobrir se existe uma demanda real. Com isso, você conseguirá validar o mercado.

Importante salientar que o MVP é uma versão alfa do seu produto, por isso ele é chamado de “mínimo viável”. Após a validação do mercado, é hora de desaparecer.

  • Gerenciamento por ausência 😶☁

Esta técnica de gerenciamento consiste em te remover da equação. Para isso, será necessário terceirizar todos os aspectos dos seus negócios, encontrar pessoas de confiança e as inserir no sistema. (Os AVs podem te ajudar bastante neste aspecto). Assim removendo você das tomadas de decisões, tirando o seu posto de gargalo.

L de liberação

4ª PARTE

Let it go, let it go!

Aqui você verá o conceito de mini aposentadorias e algumas maneiras de dar um mim acher no seu patrão. Mas não se engane, o foco deste último passo é lhe fornecer a liberdade de trabalhar de onde você quiser.

Como libertar-se do emprego

São necessários dois ingredientes: demonstrar os benefícios financeiros do trabalho remoto e tornar muito caro ou difícil recusar um pedido. Aqui vão alguns passos:

  1. Aumente o investimento da empresa em você. Seja criativo(a)!

Por exemplo: peça para que a empresa pague um treinamento para você.

  1. Mostre os seus resultados no home office. 🏠

Este livro foi escrito em 2007, e se não me falha a memória naquela época não existia pandemia… Então, este passo foi facilitado, basta comparar seus resultados antes e depois do home office. (Espero que tenham aumentado).

  1. Prepare os benefícios empresariais quantificáveis.

Apresente uma lista com os seus resultados, e lembre-se: você precisa apresentar o home office como se fosse uma boa decisão gerencial, não uma vontade pessoal.

  1. Propor um período irrevogável de testes.

Hora de usar sua oratória para convencer o seu chefe a lhe permitir trabalhar em formato home office, pelo menos um dia na semana, por duas semanas.

  1. Aumentar o tempo remoto. ⌚

Aqui vem a malícia. Reduza minimamente a produtividade no escritório, para poder servir de contraste aos seus resultados em home office. (“A small price to pay for salvation”)

Miniaposentadorias 🏖

As miniaposentadorias consistem em redistribuir seus 20-30 anos normais de aposentadoria e distribuí-los ao longo de sua vida. E não, você não precisa viajar pelo mundo, afinal você pode querer somente passar mais tempo com sua família e amigos.

A miniaposentadoria é um estilo de vida. Ao invés de passar uma semana em Madri, porque não passar seis meses experimentando a vida na Espanha e vivendo como um espanhol? É para isto que serve a eliminação e a automatização.


Conclusão…

Uau, que resumo denso… Por ser um livro de 2007 e, ampliado e atualizado em 2011, muitas coisas foram deixadas de fora por estarem desatualizadas…

Caso tenha se interessado pelo livro, clique aqui para comprá-lo!

Contagem:

Se você leu todos os resumos da easy books… Primeiro, parabéns. Segundo, você já economizou R$ 400,64. (Considerando o preço cheio de cada livro). 🤝

Expandindo…

Hoje tá recheado, viu? Tim Ferriss é o autor mais engajado de todos até agora…

Caso queira estudar afundo algum aspecto do livro, aqui vão algumas recomendações:

  • 📬 Sobre a minha dieta de poucas informações: O the news é um jornal diário e gratuito (o único que eu leio), que traz as notícias relevantes do Brasil e do mundo de uma maneira leve e descontraída. Clique aqui para se inscrever. (Não, não é patrocinado… Mas bem que poderia ser… alô the news! rs)

  • Clique aqui para acessar o canal do Tim Ferriss no YouTube. Ele posta os vídeos do podcast dele, além de vídeos com dicas para a vida.

  • 🛠 Clique aqui para acessa a extensão do livro, no blog do Tim. Este link contém as ferramentas que ele recomenda ao final de cada capítulo. Aproveite e conheça o blog dele, lá tem conteúdo para ca… ramba!

  • 🗣 TED: Sim, o Tim tem duas palestras no TED Talks.

    • Clique aqui para assistir o mais recente, sobre o porquê de você listar seus medos ao invés de objetivos.

    • Clique aqui este tem 12 anos e também fala sobre o medo. Neste caso, Tim explica como encarar seu medo e aprender qualquer coisa.

easy books 📚

leia 30 dias em 20 minutos.

A easy books é uma newsletter semanal e gratuita, que tem como missão empoderar as pessoas com conhecimento a partir de resumos de livros de negócios e desenvolvimento. Transformamos a sua leitura em algo moderno, divertido e criativo, agora não tem desculpa para não desenvolver o hábito da leitura.

Todo domingo na caixa de entrada do seu e-mail. Sem enrolação, só negócios.

Preste atenção, nem sempre chegamos na página principal do seu e-mail. Então se isso acontecer está tudo certo, você só precisa procurar em spam ou promoções.

Te vejo no próximo domingo!